Agora, pois, permanecem :

, Esperança e Amor...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Massinha de Modelar




Massinha de modelar


     Já percebi que quando a gente vai ficando adulto, começa a recordar e muitas vezes sentir falta de coisas que permeavam nossos tempos de criança. Algumas coisas são mesmo inesquecíveis e para mim uma delas é a massinha de modelar. Recordo que eu tinha em casa e usava também na escola em algumas atividades. Que saudade daqueles rolinhos coloridos e seu cheiro! Era minha alegria pegar nela gelada, amassar, e depois com o calor das minhas mãos poder deixá-la macia e pronta pra eu criar minhas “obras de arte”. Geralmente eram bonequinhos esquisitos e coloridos, com um olho maior que o outro e um sorriso torto no rosto.

Vivemos em sociedade e esse convívio vai nos moldando, vai definindo nossa Identidade como indivíduo. O grande perigo se torna em permitir que as pessoas moldem você. É fato que você jamais irá conseguir agradar a todo mundo, por mais que se esforce, não conseguirá. Se você tentar se modificar para agradar a cada pessoa diferente que convive, sua identidade se perde, e você se torna uma massinha de modelar nas mãos delas, para que façam o que quiserem contigo. No fim, assim como na massinha original, você vai ficar todo marcado por essas pessoas. A Bíblia nos orienta em Romanos 12,2 dizendo para nós: “não se amoldem ao padrão deste mundo”. Uma massinha não pode se modelar sozinha, ela precisa de alguém que possa moldá-la. Alguns artistas modelam tão bem as massinhas que elas se transformam em verdadeiras obras de arte e até personagens de filmes.

Nossa identidade está em Jesus, no seu exemplo, na sua vida. Você necessita ser moldado sim, mas a única pessoa que pode te modelar é Deus, através da ação do espírito Santo na sua vida, Deus vai te tornando a cada dia mais semelhante a Jesus. 
E no fim, assim como nossas digitais ficam gravadas na massinha, as digitais do dedo de Deus ficam gravadas em você!

(Daniel Bastos)

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Seja Luz




“A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevalecem contra ela.” (João 1,5)

Século XXI, mudanças drásticas ocorreram na sociedade. Novas gerações tem surgido, e vivemos em uma época em que predominam entre os jovens a falta de valores: Tudo é relativo, nada pode ser proibido, o que importa é a satisfação pessoal, não há mais referenciais, não há mais heróis e pessoas que os jovens busquem se inspirar. Drogas são consumidas quase como água, o sexo é livre, os relacionamentos são superficiais. O jovem mal faz contato com uma pessoa e já a considera como amigo, a expressão “eu te amo” é usada como se fosse um “olá”... É, os tempos são de trevas! Mais do que nunca!

E o jovem Cristão, onde está ele inserido em meio a tudo isso que falamos? Jesus nos disse que nós somos a luz do mundo, e somos porque temos a missão de refletir a luz de Cristo por onde passarmos. Não temos luz própria, mas é como a lua que reflete a luz do sol. A luz de Cristo brilha em nós e assim levamos luz dissipando as trevas. Mas será que você tem mesmo sido luz? Como tem sido suas atitudes no dia a dia, será que suas atitudes são as mesmas que Jesus teria se estivesse no seu lugar? A batalha está travada, as trevas estão aeh, mas não podem prevalecer contra a luz. Você é Luz! Brilhe!

#SejaLuz!

 

(Daniel Bastos)


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Desafiando, enfrentando e vencendo gigantes!


(I Samuel 17, 45-51)

A história já é bem conhecida de todos: um jovem rapaz decide enfrentar um gigante que esta desafiando o seu povo. Na verdade ele entende que o gigante desafia não as pessoas, mas sim ao Exército do Deus vivo. Porém, quem está desafiando um gigante nessa história não é Davi e sim Golias. Ele desafiou um gigante: o Deus todo-poderoso!


Se pensarmos nos gigantes, nós Cristãos temos muitos a desafiar. Mas é bom ter em mente que “a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais”(Efésios 6,12 NVI ).


Quem são os dominadores deste mundo de trevas? Fome, miséria, pedofilia, prostituição, violência, homossexualismo, corrupção, drogas e mais tantos outros que a lista ficaria um gigante também.


Temos que desafiar os gigantes, mas muita gente não sabe a forma correta. É so olhar para o pequeno Davi e suas falas. Ele desafiou Golias o tempo todo “Em nome do Senhor...” não é na sua força, na sua capacidade, na sua coragem, só se desafia gigantes em nome do Senhor!


O pior é que muitas vezes nós não desafiamos os gigantes, pelo contrário, nós pulamos nos braços do gigante... ao invés de desafiá-lo, nos entregamos a ele...

Mas só desafiar não adianta. É preciso desafiar e também enfrentar o gigante. Foi exatamente o que Davi fez. Nos versos 45 a 47 do texto ele desafia, já nos versos 48 e 49 ele enfrenta o gigante Golias. Não adianta desafiar e fugir! Também não dá pra desafiar e mandar outro enfrentar o gigante no seu lugar. Se você desafiou o gigante, enfrente-o em nome do Senhor.

Mas essa história tem ainda mais uma parte: vencer o gigante! Estamos falando de um processo onde você desafia, enfrenta e vence o gigante. Sozinho você não é capaz. Desafiamos, enfrentamos e vencemos nossos gigantes em Nome do Senhor. O seu inimigo, o gigante que você enfrenta faz pouco caso de você. Ele diz: “menino, você não é capaz... você não vai conseguir...” Mas a voz do Senhor nos direciona a ir em frente pois pra Glória dEle o gigante será derrotado.

E lembre-se que o que derrubou o gigante não foi Davi, foi a pedra. Jesus é a nossa rocha, Ele é essa “pedra” que acerta o gigante e o põe no chão.

Daniel Bastos

(Reflexão feita no dia 14 de agosto de 2011 no Culto de jovens da Igr. Batista em Martins Costa com o Tema do mês: "Desafiando Gigantes".)